Cadê a cachaça?

Já pensou em comer um brigadeiro sem chocolate? Ou então beber um copo de limonada preparada sem nenhum limão? Parece estranho, mas infelizmente a dissociação de elementos fundamentais está ocorrendo com a caipirinha: Alguns locais estão riscando a cachaça da receita.

Produtores de cachaça de alambique e especialistas em cachaça abominam a troca. “Nunca entendi por que os brasileiros insistem em colocar vodca no seu coquetel mais típico, a caipirinha. A vodca é um destilado neutro, sem gosto, sem sabor e desprovido de qualquer aroma. Uma boa cachaça, por sua vez, é feita a partir do suco fresco da cana e tem aroma e sabor”, diz Steve Luttmann, dono da Cachaça Leblon.

Para o chef Alex Atala, sem a cachaça, o drink perde a referência do país de origem. “Temos um tesouro nacional com a caipirinha. Com uma boa cachaça, a caipirinha brasileira, sensorialmente, é interessante como qualquer outro bom coquetel no mundo. Por que alguém substituiria seu ingrediente chave – a cachaça – por vodca?”, pergunta Atala.

Ao substituir cachaça por vodca, a caipirinha perde seu sabor característico. “O buquê e o sabor da cachaça harmonizam perfeitamente com limão ou qualquer outra fruta. A complexidade e o sabor da cachaça são elementos com os quais a vodca não consegue competir” afirma o mixologista Junior Merino.

Fonte: http://migre.me/acnbn

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s