Cota celestial

A cachaça de alambique não é só exclusividade de homens e mulheres. Além do gole para o santo, outros seres místicos também fazem fila para sentir o sabor da boa cachaça.

É chamada de “parte dos anjos” a parcela de cachaça que evapora durante o envelhecimento nos barris. Em boas condições, ocorre a perda de 2 a 3% ao ano. Porém esse índice pode subir até 15%, caso a bebida seja armazenada em locais que ofereçam pouca umidade relativa do ar e altas temperaturas. Essa perda também é conhecida como “cota da natureza”, pois seria o preço cobrado por ela para aperfeiçoar a bebida.

Ainda bem que a produção da cachaça da palha faz de tudo para que sua parcela de Germana continue intacta.

Fonte: http://migre.me/9xF4v

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s