Mestres da madeira

A cachaça artesanal não recebeu esse nome à toa. Cada etapa da produção da bebida conta com a dedicação de artesãos. Até mesmo os barris que apuram o sabor da cachaça são resultado da devoção de verdadeiros artistas.

 Eles são chamados tanoeiros. São os responsáveis pela fabricação dos barris usados no envelhecimento da bebida. Antes de chegar às mãos do tanoeiro, a madeira deve secar ao ar livre por três anos. Passado esse tempo, os artesãos começam o trabalho. Auxiliados pelo calor do fogo, os tanoeiros moldam e organizam as ripas no aro de metal. O anel metálico usado na base é apertado até unir as tábuas, tornando desnecessário o uso de cola ou pregos. Como os ofícios de antigamente, as habilidades exigidas pelo trabalho são passadas de pai para filho, e tudo é feito através de antigas ferramentas.

Todo esse esforço dispensado na concepção da bebida vale a pena. É por isso que só o sabor da Germana lhe permite tirar uma folga do mundo padronizado em que vivemos.

Fonte: http://migre.me/9uh9m

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s