Levando gato por lebre

Quem já adotou a Germana como cachaça de alambique nº 1 sabe que ela é única. Além do sabor e aroma, a Germana traz em sua garrafa a história e cultura de Minas. Por isso a Germana conquistou os amantes da cachaça artesanal. O problema é que toda essa popularidade atrai aproveitadores.

Um apreciador de nossas cachaças entrou em contato com a Germana. Segundo ele, ao fazer uma visita a um famoso bar em Brasília, um garçom veio com uma garrafa de Germana, oferecendo-lhe uma dose. Após uma rápida inspeção de aroma, nosso amigo concluiu que se tratava de outra cachaça.

Infelizmente, o mundo da cachaça de alambique também sofre com gente que age de má fé para lucrar mais. Para evitar esse tipo de problema, aja como nosso amigo acima. Não confie apenas na embalagem. Confira todos os traços da bebida antes de tomá-la. Se você vai experimentar a Germana pela primeira vez, aconselhamos ir ao bar acompanhado de alguém que possa constatar a originalidade da bebida.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s