Primeiro, os EUA. Agora, o mundo

Os produtores de cachaça comemoraram o acordo feito com os EUA para reconhecimento da bebida em solo americano. Mas, em breve, teremos outro grande motivo para festejar.

Após conseguir a aceitação da bebida como genuinamente brasileira, o próximo passo é estender a proteção da cachaça a todo o mundo. De acordo com César Rosa, presidente do Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), serão iniciadas as negociações com a Organização Mundial de Comércio para que o termo “cachaça” seja usado somente pela bebida feita exclusivamente no Brasil.

No exterior, a Germana já representa nosso país há tempos. Europeus, americanos e sul-africanos são alguns dos povos que sentem o sabor de Minas em cada dose de Germana. E, para nós, orgulho maior que compartilhar a mineiridade com o resto do mundo é oferecer esse sabor inigualável aos nossos conterrâneos.

Fonte: http://migre.me/8VjhT

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s