A influência da madeira na cachaça

  Você sabia que a cachaça tem sua cor e gosto influenciados pelo tipo de madeira do barril em que foi envelhecida? Ao ser “amaciada” nos barris, a bebida adquire propriedades como aroma, cor, perfume etc. Veja exemplos das madeiras mais utilizadas para o envelhecimento da cachaça e suas respectivas características.

 
Amendoim: Preserva as características naturais da cor e aroma.

Bálsamo: Resulta em tom amarelo e numa cachaça de gosto amadeirado.

Carvalho Europeu: Dá coloração amarelada e sabor que lembra o do whisky, por causa do malte impregnado na madeira.

Ipê Amarelo: Garante uma cachaça que desce macio e um tom alaranjado.

Jequitibá Rosa: Preserva as características naturais da cor e aroma.

Umburana: Resulta em uma cachaça perfumada, com cor amarelada e levemente adocicada.

Vinhático: Fornece cor amarelo-ouro e gosto próximo ao da cachaça pura.

Grápia ou Garapa: Resulta em uma cachaça com cor amarelada e levemente amadeirada.

Sassafrás: Resulta em tom amarronzado e numa cachaça de gosto forte, bastante amadeirado.

Louro Freijó: Resulta em uma cachaça com cor amarelada e levemente amarga.

Castanheira do Pará ou Carvalho Nacional: Tem propriedades semelhantes ao Carvalho Europeu no envelhecimento da Cachaça, transmitindo suavidade e uma cor amarelada, além de um aroma próprio da castanheira.

Fonte: http://migre.me/8sos3

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s