A PESQUISADORA E O MINEIRIM

Uma pesquisadora do IBGE bate à porta de um sitiozim perdido nu interio di Minas.
– Essa terra dá mandioca?
– Não, sinhora. – responde u roceiro.
– Dá batata?
– Tamém não, sinhora!
– Dá feijão?
– Nunca deu!
– Arroz?
– Di jeito nenhum!
– Milho?
– Nem brincano!
– Qué dize qui pur aqui não adianta prantá nada?
– Ah… si prantá é diferente…

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s